sexta-feira, 30 de janeiro de 2009


Querida prima,


A cidade inteira só fala no festival, que começa amanhã. Como você deve imaginar, Phillip já está ensaiando seu discurso como orador da abertura. E, por entre os preparativos, há tanta coisa acontecendo que, nem se eu escrevesse um livro, conseguiria contar-lhe tudo.

Aparentemente, as nobres filhas do prefeito conseguiram salvar os vestidos que Sandra danificou e parece que ficaram bem bonitos. Modernos, mas bonitos. Impulsiva como sempre, desta vez Sandra se superou, ao pôr em risco o trabalho da tia dessa maneira; mas a srta. Darcy é talentosa demais para não dar um jeito elegante em alguma roupa. Apesar disso, nossa amiga foi proibida pela tia de ir ao baile. Certo, como se alguma coisa pudesse domar aquele espírito de liberdade. Posso ser muitas coisas, Samantha, mas conheço bem meus amigos; sou capaz de apostar as teclas do meu piano que Sandra não perde esse evento por nada.

Falando em piano, sabe que fui chamada para tocar o hino de abertura do Festival? Meu pai disse que é uma grande honra, pois ocuparei o lugar do grande Mestre Alfred Scurfield, falecido no ano passado. Todos dizem que ele me considerava sua melhor aluna e eu me senti realmente lisonjeada com o convite.

Esses dias, estive algumas vezes com Simon. Com Mrs. Prudence enferma e a aparente falha no tratamento de sua perna defeituosa, ele tem estado abatido. E a fria e recatada Elise consegue piorar ainda mais seu humor, acreditando que ele e eu somos namorados. Pobre moça, Simon tem sido cruel com ela. Você sabe como ele tem o dom de ser rude com pessoas que não enxergam o óbvio.

Bem, como durante o festival estarei bem ocupada, sairei agora para visitar Christine e aproveitarei para colocar esta carta no correio. Parece que Peter enfim chegou à cidade e minha mãe me mandou levar uma garrafa de vinho, como presente de boas-vindas. Prometo-lhe que depois de festival escrevo contando mais novidades. Aproveite ao máximo sua viagem.


Amelia


11 comentários:

José Antonio Klaes Roig disse...

Bah, pessoal. Fiquei um tempo sem acessar o Palvras de papel e adorei o layout. Já ativar o seguidor pra colocar a coorespondencia e leituras em dia. hehehe. Vou colocar o banner de vcs, no ControlVerso tb. Parabéns e abraços a todos. Zé Roig.

José Antonio Klaes Roig disse...

ih, não reparem as letradas trocadas, além da pressa, estou teclando só c uma mão, machuquei a outra, e ai já viu o drama. kkkk, abrs,

José Antonio Klaes Roig disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulinho disse...

Amélia finalmente mostrando uma personalidade. Parece ser engajada, articulada, além de bastante observadora. "Daquelas mulheres que fazem as coisas acontecerem"

Magna Santos disse...

Samantha
Amelia esqueceu de te perguntar sobre a lua de mel. Para ser sincera, ela não esqueceu, apenas não quis ser indiscreta. Porém, como não tenho este problema, envio-te esta, doida de curiosidade para saber como está sendo a nova vida, os passeios, os lugares. Disse a Amelia que, provavelmente, tu estarias ansiosa por nos encontrar e passar uma daquelas tardes a experimentar os meus chás e docinhos, além de escutar nossas bobagens. Mas, na verdade, eu é que sinto tua falta. Amelia é muito amiga, mas nem sempre me compreende.
Bom, embora eu esteja cheia de novidades, não vou me prolongar, pois não quero tomar-te o tempo.
Aproveite ao máximo e cuidado com os crustáceos, tu sabes que é alérgica.
Grande beijo.
Paulie

Pâmela disse...

Aaai! Até que enfim, já estava tão curiosa pelas novas cartas!
Fazia muito tempo que não chegava nenhuma...
Mais, mais, mais!

Gaby. disse...

Ótima carta.

Estava com saudades daqui.

Beijos.

Magna Santos disse...

Gente, o que foi que houve? O correio entrou em greve ou esse "povo" todo resolver não escrever mais e tentar telepatia?
Vamos nessa. Após o festival é que deve ter assunto à vontade.
Espero ansiosa por mais cartas.
Abraços em todos vocês.
Magna

Marina disse...

É, Magna, o festival/carnaval atrasou as cartas. Vamos voltar logo, logo. Esperem só mais um pouquinho.

Abraço!

Camila M. disse...

Passo por aqui pela primeira vez, a confesso que foi amor à primeira vista.
Voltarei sempre que possível, para conferir novas cartas.

Abraços

Desirée disse...

Oiii!!

estou lendo as cartas, são muito boas!
Parabéns!