domingo, 27 de julho de 2008


Mãe querida,


Estou escrevendo de Viena, do alto da Catedral de Santo Estevão, de onde se tem uma das mais belas vistas da cidade. Ontem passei em frente ao Castelo de Schönnbrum, que era a residência de verão de Napoleão, é uma construção de tirar o fôlego.

Estou me divertindo muito com a vida aqui. Conheci um rapaz que me ofereceu um local para trabalhar. Não é muita coisa e tenho certeza de que a senhora não vai gostar, mas serei faxineiro da Ópera de Viena. Vou trabalhar durante as apresentações, uma ótima oportunidade para assistí-las.

É um trabalho duro e exige muita disciplina. Adrian, o rapaz de quem falei também trabalha lá e me disse que a Casa está contratando mais faxineiros. Inicialmente é um trabalho temporário, pois Johann Strauss II vai fazer algumas apresentações lá. E eu vou poder escutá-lo! Obviamente não tenho condições de comprar ingressos, mas como trabalho lá vou poder apreciar suas famosas valsas enquanto limpo os bastidores.

E como andam as coisas por aí, mãe? Alguma novidade na cidade? Já está chegando a época do Festival, não é? Diga à Candice que estou muito feliz aqui e que ainda esse ano volto.


Amo muito você. Seu filho,


Ted.

5 comentários:

Marina disse...

Ele parece próximo a Candice... Acho que ele não era faxineiro na cidadezinha.

Helô disse...

Ficou bem melhor essa reformulação!!

E pra variar, Bruno contrariou todas as sugestões e enfiou Candice no meio da história... uahauhuahauhauha

Marina disse...

Por que ele não podia colocar Candice no meio da história?? O.o

Helô disse...

Não é que ele não podia... Ele pediu sugestão de quem colocar, e eu sugeri todas as moças da história, menos Candice e a irmã...

Ele escolheu as que eu não sugeri... uahauhauhauhauhaua

Marina disse...

Fui eu que sugeri. rsrs
Porque eram as duas menos prováveis.